Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/09/23 às 15h16 - Atualizado em 26/09/23 às 15h17

Produtores do Gama e Vargem Bonita aprendem técnicas sobre criação de abelhas

COMPARTILHAR

Extensionista rural João Pires apresenta informações sobre criação de abelhas a produtores do Gama e Vargem Bonita

 

Com o objetivo de apresentar os princípios iniciais do cultivo de abelhas com e sem ferrão, a Emater-DF organizou a reunião técnica de apicultura e meliponicultura. A atividade aconteceu nesta terça-feira (26) e faz parte da programação da Semana de Integração Rural da Emater-DF no Gama e Vargem Bonita.

 

O extensionista rural Carlos Morais explicou a diferença entre abelhas nativas e abelhas exóticas, falou da grande quantidade de espécies de abelhas sem ferrão no Brasil e também apontou algumas diferenças entre o mel das abelhas com e sem ferrão, essa última chamadas melíponas. “Elas produzem um mel com maior teor de água e, por isso, com um sabor mais suave”, disse Morais.

 

Em seguida, o extensionista rural João Pires explicou para os presentes a origem das abelhas com ferrão, que são naturais da Europa e da África e como elas foram trazidas para o Brasil. Também falou da diferença do manejo da abelha europa e da abelha africana. “As abelhas africanas enxamearam rapidamente e se espalharam; acostumados com o manejo da abelha europeia, que não era tão tecnificado como nos dias de hoje, muitos se assustaram com a agressividade das abelhas africanas e criou-se o medo e o afastamento das abelhas”, explicou o técnico da Emater.

 

A produtora Marília Madalena Soares, que mora na Ponte Alta, ainda não cria nenhum tipo de abelha, mas relatou que decidiu trocar o açúcar pelo mel na sua alimentação diária e, por isso, veio aprender informações sobre como iniciar uma criação de abelhas. “Meu primeiro objetivo é para mim, para o meu consumo e da minha família, porque eu sempre soube que o mel é melhor do que açúcar. Agora eu decidi trocar de vez e incluir o mel na minha alimentação”, disse a produtora.

 

Já o produtor José Vilarindo da Silva, morador do Córrego da Onça, no Park Way, disse que já cria abelhas com ferrão do tipo europa, também para consumo da família. “Eu crio abelhas na minha propriedade, mas nunca tive acidentes, elas não são muito agressivas, mas a gente precisa ter alguns cuidados”, explica o produtor. “Vim aprender um pouco mais sobre o manejo e estou gostando bastante do curso, tem muita coisa que eu não sabia”, disse.

 

Segundo o gerente do escritório da Emater-DF no Gama, o retorno dos produtores rurais em relação às atividades programadas para a semana de integração está bastante satisfatório. “Os temas foram planejados de acordo com a necessidade e o planejamento estratégico de cada região, então foram atividades demandadas pelos produtores rurais”, explicou o gerente.

 

A Semana de Integração Rural da Emater-DF vai até esta sexta-feira (29) e os produtores rurais da região ainda poderão participar de atividades sobre manejo sanitário de aves, na quarta-feira; cultivo protegido de baixo custo, na quinta e plantio de suculentas e terrários e uma palestra sobre gestão do negócio rural na sexta-feira. A semana encerra com uma confraternização para os produtores rurais no escritório da Emater-DF na Vargem Bonita. Confira:

 

 

A Emater-DF
Empresa pública que atua na promoção do desenvolvimento rural sustentável e da segurança alimentar, prestando assistência técnica e extensão rural a mais de 18 mil produtores do DF e Entorno. Por ano, realiza cerca de 150 mil atendimentos, por meio de ações como oficinas, cursos, visitas técnicas, dias de campo e reuniões técnicas.

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Emater-DF

Parque Estação Biológica, Ed. Sede Emater-DF
CEP: 70.770.915 Brasília - DF Telefone: (61) 3311-9330 e (61) 3311-9456 (Whatsapp)
E-mail: emater@emater.df.gov.br