Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural - Emater - DF

Programa de Organização e Gestão Social PDF Imprimir E-mail
Programas Prioritários
Qua, 25 de Janeiro de 2012 09:22

A EMATER-DF, desde a sua criação em 1978, percebeu que a gestão para o desenvolvimento local passa, necessariamente, por decisões e ações definidas em conjunto com representantes dos diversos grupos sociais (formais ou não) envolvidos com a atividade rural. Isso exigiu da Empresa e de seus extensionistas uma postura que privilegiasse ações dinamizadoras e incentivadoras dos grupos de interesses e das organizações sociais de produtores e trabalhadores rurais.

As ações dos extensionistas da EMATER-DF, a partir do incentivo e apoio dado às diversas formas de organizações sociais rurais (associações de produtores e trabalhadores rurais, cooperativas, conselhos de desenvolvimento rural, condomínios etc), sempre geraram ótimos resultados, a começar por uma comunidade rural mais crítica e consciente de seus direitos, por produtores rurais que, com objetivos comuns, se apropriam muito mais das suas riquezas produzidas e pela aproximação da qualidade das infra-estruturas públicas do meio rural com as do meio urbano. Todas essas iniciativas têm provocado uma revolução na qualidade de vida dos que se mantiveram no meio rural e daqueles que fizeram dele a sua opção de vida – o que reforça ainda mais a certeza de que os esforços desta empresa de assistência técnica e extensão rural seguem o caminho certo.

As diversas formas de associativismo, apoiadas pela ATER, configuram-se como um importante espaço de conquistas das classes dos agricultores, trabalhadores e suas famílias, pois possibilitou, pela união de interesses, a redução de custos em suas atividades para a contratação de serviços, aquisição de bens e venda de produtos em escala – a exemplo de grupos criados para a compra de insumos agrícolas, uso de um mesmo frete, compra de maquinários para o uso coletivo, construção de agroindústrias coletivas, uso comunitário dos mesmos pontos de comercialização, criação de cooperativas de classificação e venda de produtos hortícolas, realização de excursões técnicas em grupos, utilização comum de equipamentos para inseminação, etc.

Foi na última década que se perceberam os maiores resultados das ações dirigidas às organizações sociais e às famílias rurais. O incentivo à participação popular favoreceu o exercício da democracia, trazendo instituições e comunidade local para mais perto do governo, elevando conseqüentemente o controle social e a cidadania e assegurando um passo definitivo no caminho de uma equidade entre o meio rural e o urbano.

Os programas e projetos com a participação direta da EMATER-DF, tais como o Orçamento Participativo, PRONAF, os Conselhos de Desenvolvimento Rural, o Território da Cidadania de Águas Emendadas, dentre outros, com o auxílio de metodologias includentes e participativas, colaboram para favorecer a igualdade de oportunidades para todos, priorizando o atendimento daqueles que mais necessitam.

Neste contexto, a EMATER-DF continua a realizar ações voltadas para o fortalecimento das organizações sociais rurais, e para o produtor rural e sua família, por entender que o desenvolvimento local perpassa necessariamente por uma sociedade ciente de seus direitos e obrigações, além de uma estrutura de governo moderna e comprometida com os interesses de seu público fim.

No início do ano de 2007, a EMATER-DF ciente de sua responsabilidade e afinada com as diretrizes políticas do Governo Distrital e do Governo Federal, criou cinco programas para priorizar as suas ações, dentre eles o Programa Prioritário de Organização e Gestão Social.

O Programa Prioritário de Organização e Gestão Social nasceu com o objetivo de contribuir para o fortalecimento das organizações sociais rurais, visando o desenvolvimento local sustentável do Distrito Federal. Para isso conta com uma série de objetivos específicos:

  1. Estimular o público rural a participar das diversas formas de organização social rural de suas localidades;
  2. Incentivar as lideranças rurais a participarem ativamente dos conselhos regionais de desenvolvimento rural - CRDR, do Conselho Distrital de Desenvolvimento Rural e do TAE- Território da Cidadania de Águas Emendadas;
  3. Aproximar as entidades públicas dos conselhos e colaborar para que estas sejam parceiras atuantes dentro dos CRDRs;
  4. Promover capacitações de lideranças e dirigentes de organizações sociais rurais para a atuação como gestores sociais;
  5. Incentivar e apoiar na formação e consolidação de fóruns e eventos regionalizados que promovam a organização social;
  6. Incentivar a participação em conselhos de todos os segmentos do setor rural, especificamente dos jovens rurais;
  7. Apoiar as associações rurais, cooperativas e conselhos no sentido da formalização destas instituições;
  8. Assessorar os CRDRs na elaboração dos Planos Regionais de Desenvolvimento Rural;
  9. Criar ações que favoreçam a participação do público da ATER na elaboração do seu planejamento de suas atividades.

Com as ações propostas nestes diversos objetivos acima descritos, espera-se que haja uma convergência de atividades que promovam uma forma diferenciada de trabalho, na qual a ATER procure atuar mais como um facilitador e animador do processo de desenvolvimento local, assegurando que as famílias rurais, por meio das organizações sociais, sejam os reais protagonistas dos processos de transformação de seus territórios.

Para mais informações contactar com o coordenador do programa Luciano Mendes da Silva no telefone (61) 3340-3088.

  Leia aqui todas as noticias

Emater-DF no Twiter

 
Governo do Distrito Federal

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal
Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF
CEP: 70.770.915 Brasília - DF
Telefone: 3311-9330, E-mail: emater@emater.df.gov.br.

Menu dos Empregados
SIGRHNet
Webmail
RSS da Emater DF

Copyright © GDF
Todos os direitos reservados