Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural - Emater - DF

Animais exóticos PDF Imprimir E-mail
Agricultura Familiar
Ter, 24 de Janeiro de 2012 19:00

exoticos1A criação de animais exóticos, domésticos e silvestres representa uma fonte alternativa de renda para produtores familiares. É uma solução para viabilizar uma atividade econômica às micros e pequenas propriedades rurais de áreas improdutivas - seja pela baixa fertilidade ou condição topográfica que impeça o seu uso para a agropecuária tradicional.

A atividade é ainda pouco explorada no DF e entorno e as poucas criações existentes não atendem à crescente demanda do mercado. Portanto, o objetivo do projeto é incentivar a implantação de novas criações de forma legal e organizada, transformando a região em um pólo de criação, reprodução e comercialização destes animais, atendendo não só os anseios de consumo da sociedade, mas principalmente gerando emprego, renda, e contribuindo, claro, para a preservação das espécies.

 

Geração de emprego
Por meio de análises das condições físicas e estruturais das comunidades e propriedades rurais, juntamente com uma pesquisa de mercado, a Emater-DF concluiu ser a criação de pequenos animais uma opção de exploração viável em pequenas propriedades. Com pouco investimento financeiro, alto valor agregado ao produto e várias possibilidades de exploração econômica dos animais (estimação, companhia, abate, etc.), a atividade irá gerar emprego e renda aos criadores e suas famílias.

 

Operacionalização
A estratégia operacional inclui um trabalho em parceria com entidades como o IBAMA e a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, para o cadastramento dos produtores interessados e dos já tenham iniciado na atividade e buscam novas tecnologias, crédito, organização e um forte processo de comercialização.

O projeto contempla desde a implantação de criações, adoção de tecnologias de manejo e reprodução, legalização das criações e organização dos criadores em uma cooperativa, fortalecendo a comercialização mediante a montagem de uma loja virtual na rede mundial de computadores.

 

Público a ser beneficiado:

  • Agricultores familiares;
  • Agricultores Patronais;
  • Aposentados;
  • Jovens e mulher rurais;


exoticos2Alguns exemplos de animais a serem criados:

  • Aves: faisões, galinhas ornamentais, marrecos, pavões, gansos, perus, galo índio gigante, índio urubu, galo músico, vulturina, entre outras
  • Pássaros: Periquito Australiano, Lories, Saíra, periquito agaporne, periquito ficher, manom, canários, trinca ferro, sabiá, curió, bicudo, entre outras
  • Mamíferos: Porquinhos-da-índia, Hamster, mine coelhos, Chinchila, e outros.


Mais informações
Para conhecer melhor a atividade, basta contatar o escritório da Emater-DF, em Planaltina, pelo telefone 3389-1861 e 3388.1915. Os interessados podem freqüentar o grupo de criadores de animais exóticos, silvestres e domésticos organizado pela Emater-DF, escritório de Planaltina.

 

Associação
Associação Nacional dos Criadores e Proprietários de Animais Silvestres e Exóticos – ANAPASS (www.anapass.com.br) é uma entidade recém criada para congregar os criadores com o objetivo de desenvolver a atividade. Alie-se em busca do desenvolvimento da atividade. Associe - se.

Principais dúvidas:

  1. Qual a área necessária para desenvolver a criação?
    Um pequeno espaço será suficiente para iniciar uma criação. Uma pequena instalação já existente (Ex. um galinheiro ou um depósito abandonado) poderá ser adaptada para iniciar o agronegócio, sem maiores custos.
     
  2. Qual o Investimento necessário para iniciar?
    Os custos variam bastante de acordo com a espécie a ser explorada. Já que influencia no tipo de instalação a ser montada (o que pode representar o maior investimento). O mais importante é elaborar corretamente o projeto de criação.
     
  3. Qual a margem de lucro?
    O retorno econômico é garantido, pois a demanda é maior que a oferta, e esse mercado não para de crescer. É grande o desejo de consumo da sociedade onde todos querem um animalzinho de companhia. Seja ele de maior ou menor valor, o importante é a qualidade, que garante a venda e o retorno financeiro ao criador.


Conheça mais:
1) Qual a diferença entre animais silvestres, exóticos e domésticos?

  • Animais Silvestres: são aqueles pertencentes às espécies nativas, migratórias ou não e quaisquer outras, aquáticas ou terrestres, que tenham a sua vida ou parte dela ocorrendo naturalmente dentro dos limites do Território Brasileiro e suas águas juridicionais. O acesso, a criação, reprodução e comercialização de animais silvestres, são controladas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).
  • Exemplos: Ema, papagaio, arara, tico-tico, galo-da-campina, jibóia, borboleta, galo da serra, tucano, mutum, inhambu, asa branca, beija flor e outros.
  • Animais exóticos: são aqueles cuja distribuição geográfica originária não inclui o Território Brasileiro. As espécies ou subespécies introduzidas pelo homem em estado selvagem são consideradas exóticas. Outras espécies consideradas exóticas são aquelas que tenham sido introduzidas fora das fronteiras brasileiras e suas águas juridicionais e que tenham entrado expontaneamente em Território Brasileiro.
  • Exemplos: Ferret, javali, esquilo, tartaruga-japonesa, cacatua, arara-da-patagônia, hamster, rosela, ecletos, crou coroado, chinchila e entre outros.
  • Animais domésticos: são aqueles animais que, por meio de processos tradicionais e sistematizados de manejo e melhoramento zootécnico, tornaram-se domésticos, possuindo características biológicas e comportamentais em dependência do homem, podendo inclusive apresentar aparência diferente da espécie silvestre que os originou.
  • Exemplos: Gato, cachorro, búfalo, galinha, pato, marreco, peru, avestruz, codorna-chinesa, canário-belga, periquito-australiano, mandarim, entre outros.


2) Manter um animal silvestre em cativeiro é crime?

  • Depende da origem do animal. Se for um animal com origem legal, isto é, adquirido de criadouro comercial ou comerciante devidamente registrado no IBAMA, não é crime.
  • A criação e manutenção de animais silvestres em ambiente artificial (cativeiro), não é crime sendo a atividade autorizada pelo órgão ambiental (IBAMA). A origem dos animais é devidamente documentada através de nota fiscal emitida pelo comerciante ou pelo criadouro legalizado. Nessa nota fiscal deve constar o nome científico e popular do animal, o tipo e o número de identificação individual do espécime (animal), que poderá ser uma anilha fechada (pequeno anel posicionado na pata do pássaro) e/ou um micro-chip.

3) Como adquirir a licença de criação de animais silvestres e exóticos?

  • Para obter sua licença de criação, pasta procurar um profissional para elaborar o projeto técnico atendendo os quesitos e normas da lei e dar entrada no IBAMA.

exoticos3

4) Como iniciar uma criação de animais silvestres ou exóticos para comercialização de animais vivos?

  • A criação comercial de animais silvestres segue as determinações da Portaria n° 118/97 (www.ibama.gov.br/fauna/legislacao/port_118_97.pdf), e sua comercialização, obedece à Portaria n° 117/97 (www.ibama.gov.br/fauna/legislacao/port_117_97.pdf).
  • No caso da criação de animais exóticos, deve-se seguir a Portaria n° 102/98 (www.ibama.gov.br/fauna/legislacao/port_102_98.pdf). Ambas as criações também devem respeitar o estabelecido pela Instrução Normativa n° 02/01 (www.ibama.gov.br/fauna/legislacao/in_002_01.pdf), que trata da identificação individual dos animais.
  • Para conhecer melhor a legislação e normas para criação de animais silvestres, acesse: www.ibama.gov.br/fauna/animais silvestres/criadores.

Fonte: IBAMA.
A criação, reprodução e comercialização de animais exóticos e silvestres legalmente constituídas, é um forte aliado no combate ao tráfico destes animais. O criador, consciente, presa pela preservação das espécies oferecendo animais legalizados ao mercado, gerando emprego, renda e contribuindo, com certeza, para diminuir a pressão de captura sobre as espécies junto do meio ambiente.

  Leia aqui todas as noticias

Emater-DF no Twiter

 
Governo do Distrito Federal

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal
Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF
CEP: 70.770.915 Brasília - DF
Telefone: 3311-9330, E-mail: emater@emater.df.gov.br.

Menu dos Empregados
SIGRHNet
Webmail
RSS da Emater DF

Copyright © GDF
Todos os direitos reservados