Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural - Emater - DF

Na rota da goiaba PDF Imprimir E-mail
Notícias
Ter, 13 de Março de 2018 10:45

 

1303 festa_da_goiaba_pblico

Festa reúne agricultores e público para celebração de uma das principais culturas de Brazlândia

Desde criança, Lúcia Vaz da Silva costumava comer uma saborosa goiabada cascão, preparada pelos pais. A receita era compartilhada apenas com familiares e amigos. A família, que veio de Goiás, se instalou na zona rural de Brazlândia, onde passou a produzir hortaliças. Há poucos anos, no entanto, Lúcia retomou a fabricação da goiabada, desta vez para vender. Com apoio da Emater-DF, ela comercializa atualmente na Ceasa. Seu estande foi um dos destaques da 3ª Festa da Goiaba de Brasília, realizada entre os dias 8 e 11 (de quinta a domingo), em Brazlândia.

Durante a abertura do evento, na sexta-feira à noite, o presidente da Emater-DF, Roberto Carneiro, relembrou o início da cultura da fruta na região. “Fizemos a 1ª Mostra do Morango e da Goiaba. O morango decolou, e agora resgatamos a goiaba, com a força e dedicação dos produtores mais as parcerias institucionais”, destacou o presidente. Roberto ressaltou ainda a importância alimentar da fruta, com suas qualidades nutricionais.

Já o secretário de Agricultura, Argileu Martins, lembrou que a goiaba faz parte do cardápio do lanche escolar na rede oficial de ensino do Distrito Federal. “A Governo de Brasília vai comprar hortaliças e frutas diretamente do agricultor familiar para repassar às escolas, e a goiaba está na lista de produtos adquiridos”, informou o secretário, lembrando a assinatura de um contrato de R$ 13 milhões com 12 associações e cooperativas de produtores. O documento, assinado na sexta-feira, é parte do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE),

No total, Brazlândia abriga 78 produtores de goiaba, com uma área de cultivo de 280 hectares. Cada hectare produz, em média de 30 a 40 toneladas da fruta, um índice que está acima do nível nacional. A safra ocorre entre fevereiro e abril, e a safrinha, de setembro a novembro. As principais variedades são a pedro sato — usada mais para o consumo in natura — e a paluma, utilizada para a fabricação de geleias, doces, sucos e polpas.

Ao lado do morango, a goiaba é o carro-chefe da produção agrícola de Brazlândia. A festa foi retomada há três anos e o sucesso de público comprova que a decisão foi acertada. A chuva do fim de semana não atrapalhou as vendas de Lúcia, que apresentava, orgulhosa, sua goiabada cascão para o público que visitou a festa. “Tenho muito suporte da Emater-DF. A técnica Luciana Xavier, do escritório de Brazlândia, por exemplo, me ensinou uma receita de geleia. Agora, planejo montar uma agroindústria, crescer e diversificar meus produtos”, vislumbra Lúcia. A agricultora diz que fabricar o doce não é nada fácil, mas é muito prazeroso. “Gosto muito do que faço e me sinto feliz quando alguém elogia a qualidade da goiabada”, conta ela, explicando que o nome do doce é referente ao uso da casca da goiaba na fabricação, o que confere mais sabor e qualidade.

Visita — Uma delegação estrangeira compareceu à Festa da Goiaba no domingo (11). O cônsul de El Salvador, Abelino Argueta, aproveitou uma visita a Brazlândia, por ocasião do Festival Internacional de Cultura e Educação (Feicut), para conhecer a produção agrícola da cidade. Acompanhado de assessores, ele foi recebido pelo presidente da Associação Rural e Cultural de Alexandre de Gusmão (Arcag), Tako Akaoka, e por técnicos da Emater-DF.

A 3ª Festa da Goiaba de Brasília foi realizada pela Arcag, com apoio da Emater-DF, Secretaria de Agricultura, Ceasa-DF, Administração Regional de Brazlândia e Ministério da Agricultura.

 

13.03 festa_da_goiaba_estande_Lcia
Lúcia Vaz (de chapéu) apresenta sua goiabada cascão ao público, em um dos estandes
mais movimentados da festa

 

13.03 festa_da_goiaba__bolo
O tradicional bolo foi servido durante a abertura do evento, na sexta-feira (9)

 

13.03 festa_da_goiaba_visita_delegao
A mostra agrícola recebeu, no domingo (11), visita de delegação de El Salvador

 


Rinaldo Costa
Assessoria de Comunicação – Emater-DF

  Leia aqui todas as noticias

Emater-DF no Twiter

 
Governo do Distrito Federal

Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal
Parque Estação Biológica, Ed. Sede EMATER-DF
CEP: 70.770.915 Brasília - DF
Telefone: 3311-9330, E-mail: emater@emater.df.gov.br.

Menu dos Empregados
SIGRHNet
Webmail
RSS da Emater DF

Copyright © GDF
Todos os direitos reservados